Marketing de incentivo: o que é e como promovê-lo

Hoje em dia, engana-se que funcionários e colaboradores almejam unicamente um salário alto. A satisfação profissional não está atrelada unicamente ao financeiro, as pessoas desejam ser reconhecidas e trabalhar em uma empresa em que ela sinta-se bem. O marketing de incentivo existe para preencher essa lacuna.

O que é o marketing de incentivo?

De forma simplificada, podemos afirmar que o marketing de incentivo é um conjunto de estratégias que visam melhorar o desempenho dos profissionais. As ações de incentivo envolvem metas e premiações para as equipes e colaboradores que cumprirem determinadas tarefas, em determinado tempo.

Você pode estar se perguntando o porquê de se criar tais ações, se os funcionários são contratados exatamente para exercer suas funções. Como dissemos na introdução, a motivação dos funcionários está além do salário compatível com o mercado.

Por que o marketing de incentivo é importante?

A motivação no trabalho está ligada diretamente à produtividade. Não é preciso estudos para comprovar que profissionais motivados produzem mais e melhor. Quando temos o anseio, a vontade em conquistar algo, nos empenhamos para que façamos o melhor em busca de uma conquista.

Um colaborador que trabalha sabendo dos benefícios ao final de sua tarefa, passa a ter prazer não somente ao término, mas durante a execução do seu trabalho. Essa produção motivada e engajada, irá, por consequência, gerar resultados para a empresa como toda.

Qual o objetivo do marketing de incentivo

A campanha de incentivo não tem como objetivo principal, simplesmente “premiar” seus funcionários. A estratégia pode ser utilizada para qualquer situação empresarial que exija soluções disruptivas. Você pode implementar uma ação para a redução de custos, por exemplo.

Outras situações em que a utilização do marketing de incentivo gera ótimos resultados: quando se busca o aumento de receitas e vendas, conquista de novos mercados e clientes, retenção de talentos e aumento da produtividade e performance.

Como promover o marketing de incentivo

Uma campanha de incentivo assertiva é sustentada por 3 pilares: motivação, recompensa e reconhecimento. Mas, é claro que nada irá funcionar se a ação não estiver alinhada às expectativas da empresa e dos colaboradores. Se uma das partes não estiver por dentro dos objetivos, o seu incentivo será em vão.

Então, para a elaboração da estratégia de incentivo, responda a si mesmo algumas perguntas como: qual o porquê desta campanha? Esta campanha condiz com a minha cultura corporativa? Este incentivo será destinado a toda empresa ou somente para algumas equipes?

Com as respostas em mãos, você deve partir para o planejamento da campanha. É preciso que sejam definidos os seguintes pontos:

  1. objetivo final;
  2. quais são as metas;
  3. qual o regulamento da campanha;
  4. prazos;
  5. critérios que serão utilizados nas avaliações;
  6. ações motivacionais durante a campanha e;
  7. premiações

Lembre-se que essa campanha deve motivar os colaboradores, por isso estabeleça metas, prazos e premiações tangíveis. Nada de planos megalomaníacos e metas impossíveis de serem alcançadas em um tempo mínimo, caso contrário você irá conseguir apenas a frustração de toda a equipe.

Após a definição do planejamento, o passo seguinte é a divulgação da campanha para toda a empresa. Promova a campanha como algo que irá reconhecer o trabalho, o esforço e o talento de cada colaborador.  

Não deixe que a sua estratégia de incentivo seja algo pontual. Enquanto a campanha estiver em vigor, busque manter seus colaboradores engajados. Feedbacks são excelentes estimuladores da produtividade. Sempre que possível, faça observações, dê sugestões, tudo isso é uma injeção de ânimo.

Ao final da campanha, não limite-se a uma simples entrega de prêmios. Afinal, essa é a grande diferença entre o marketing de incentivo e os programas de fidelidades, o trabalho não deve ser apenas reconhecido como uma troca de serviço por prêmio.

É claro que alguns profissionais aderem à campanha de incentivo visando apenas o prêmio final, mas o resultado final será sempre um trabalho bem realizado, então, nada mais justo que haja uma recompensa à altura do trabalho desempenhado e o resultado alcançado pela empresa.

Da mesma forma que a gente sugeriu que se comunicasse a criação da campanha, planeje um evento de encerramento. Envolva toda sua equipe de colaboradores e relembre que essa premiação é um reconhecimento ao trabalho bem feito. Não esqueça de mensurar e apresentar os resultados obtidos pela empresa.

Quais são as dificuldades em criar o marketing de incentivo?

Hoje, podemos afirmar que o maior problema para a criação de uma campanha de incentivo está nas próprias empresas. O marketing de incentivo, para fazer sentido, deve ser algo completamente condizente com a cultura corporativa da empresa.

Até poucos anos atrás, as campanhas de incentivo encontravam uma barreira na legislação do trabalho. Porém, com a Reforma Trabalhista, foi aprovada a premiação habitual. Então, cabe agora às empresas se adequarem às novas culturas profissionais.

O primeiro passo para um marketing de incentivo bem assertivo é pensar fora da caixa. Não limitar-se a copiar modelos utilizados em outras companhias e criar uma campanha que seja condizente com a sua realidade e de seus colaboradores.

É preciso, também, que os diretores e gestores parem de enxergar o incentivo como despesa e não como investimento. Há sempre aquele receio de se investir em uma premiação e não ter um retorno financeiro. Pensamento equivocado, pois com o estímulo aos profissionais, a tendência é de aumento no rendimento.

Hoje, é impossível negar que o desempenho de um funcionário está atrelado com fatores motivacionais. Quando um gestor não enxerga os colaboradores como seres dotados de motivações pessoais, a tendência é que se cria um ambiente desestimulante.

A desmotivação é um dos principais fatores de desligamento de funcionários e ela não atinge somente uma pessoa, ela pode acarretar em problemas maiores para sua empresa. Ao perceber queda de produtividade, reclamações constantes e/ou faltas não justificadas, é hora de se pensar em uma campanha de incentivo.

Grandes empresas só chegaram ao patamar que se encontram quando perceberam a importância de se trabalhar com e para as pessoas. Quer descobrir quais métodos a Coca-cola, Siemens e outras grandes marcas utilizam para motivar sua equipe? Assine nossa newsletter e fique por dentro das melhores práticas de incentivo.


Post a Comment